7

Por que não beber bebidas alcoólicas?

cerveja

As bebidas alcoólicas têm se tornado um problema social gravíssimo para pessoas cada vez mais jovens. Na França se consome 30 litros de álcool por habitante por ano, na Itália são 14 litros, na Suiça, 12 e na Inglaterra 8 ½ . Nos Estados Unidos nove milhões são alcoólatras confirmados. A incidência na população geral no mundo é entre 10% e 15%. É muita coisa.

O álcool atua como um psicotrópico, ou seja, vai aos centros cerebrais e atua como um calmante, dá a sensação de liberar a criatividade, desinibe o tímido, tranqüiliza o nervoso, reduz a ansiedade. Assim, ele é muito utilizado para facilitar a comunicação. Mas, também pode produzir impulsos agressivos, sendo causa de acidentes no trabalho, no trânsito, na família. Diminui o senso de responsabilidade, deteriora as faculdades intelectuais humanas. Destrói a pessoa, lentamente, e suas relações familiares.

No Brasil cerca de 54% dos acidentes de trabalho, 51% dos de trânsito e 60% das ocorrências policiais são frutos do consumo de álcool. Cada pessoa alcoólica acaba atingindo, de algum modo, mais 3 ou 4 pessoas, em média, que são os familiares.

Fumantes que bebem têm uma incidência muito maior de câncer da boca e da faringe do que fumantes que não bebem. O câncer no esôfago é 18 vezes mais provável de ocorrer em bebedores (que ingerem 80 gramas ou mais de etanol por dia. Um litro de vinho a 10% tem 80 gramas de álcool puro, e uma cerveja pequena a 4,5% tem 8 gramas). Se bebedores forem fumantes também (20 gramas ou mais de fumo por dia) o risco daquele tipo de câncer sobe para 44,4% a mais de chances de desenvolve-lo. O etanol aumenta os efeitos maléficos das substâncias produtoras de câncer. Cientistas afirmam que barris de madeira usados para estocar e envelhecer bebidas alcoólicas, podem se tornar fontes de substâncias que causam câncer.

O álcool – etanol – altera as membranas das células e favorece a transformação de  substâncias pró-carcinógenas em carcinógenas, aumentando seu efeito destrutivo. Como ele é um falso alimento, o bebedor pode se alimentar mal, ter carências vitamínicas e de sais minerais como conseqüência, e isso facilitar o câncer.

O álcool etílico (em soluções que contêm mais de 8 gramas por 100ml, como no caso do uísque, cachaça, vodca), retarda o esvaziamento do estômago, altera o fluxo de sangue na região do estômago, perturba todo o processo digestivo.

Cerca de 90% das pancreatites crônicas no Brasil são de origem alcoólica. Segundo alguns autores, ingerir 80 gramas de álcool por dia leva a lesão do fígado, e se esta ingestão for de 80 a 160 gramas por dia, a lesão hepática sobe pelo menos cinco vezes mais. Se for superior a 160 gramas diárias, o risco aumenta 25 vezes. Porém, há indivíduos com fígado mais sensível ao álcool, e que com doses menores diárias, em cerca de um ano, podem apresentar doença hepática grave, podendo ser fatal.

É importante pensar que há lesões do fígado (órgão mais importante para metabolizar o álcool) reversíveis (esteatose e hepatite alcoólica), porém a cirrose é irreversível.

Além das varizes de esôfago, câncer, cirrose hepática, esofagite de refluxo, alterações da produção de saliva e muco (alterando a digestão dos alimentos), o álcool lesa o cérebro, seu órgão vital, que o mantém em contato consciente com o mundo.

O Dr. Guilherme B. Terhune, autor do livro “The Safe Way to Drink” (A Forma Segura de Beber), afirma: “Em todas as circunstâncias, o álcool é uma má medicina. Não existe nenhuma justificação científica para seu uso medicinal. São atribuídas a ele virtudes médicas que não possui. O álcool não ajuda o coração, não evita a insuficiência coronária, nem provê força. É pobre como estimulante do apetite, estorva a digestão; e como antídoto da fadiga, é simplesmente o mesmo que açoitar um cavalo cansado. Não é ‘o consolo dos velhos’, uma vez que estorva ainda mais o funcionamento do cérebro desgastado.” (citado em “Newstart”, Vernon Foster, M.D., Weimar Institute, Califórnia, USA, p.131, 1990.)

O mais seguro para sua saúde não é beber com moderação. É não usar bebidas alcoólicas.

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Autor: Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza, médico psiquiatra e psicoterapeuta, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, membro da American Psychosomatic Society, consultor psiquiatra da revista Vida & Saúde onde mantém coluna mensal, professor de Saúde Mental, visitante, do College of Health Evangelism e "Institute of Medical Ministry" do Wildwood Lifestyle Center and Hospital, Estados Unidos, Diretor Médico do Portal Natural, autor dos livros "Casamento: o que é isso?" e "Consultório Psicológico".

Artigos Relacionados:

Receba grátis nossas novidades!

Compartilhe este artigo!

7 Comentários. Participe você também!

  1. Luka disse:

    O artigo com certeza trás algumas “polemicas’ mas sem duvida está muito bom!

  2. Elaine disse:

    É evidente que muitos se escandalizam com esse tipo de assunto (bebidas alcoólicas), afinal quem gosta de ceder em algo que gosta ou até mesmo admitir que faz algo que não é bem o ideal. Antes de qualquer coisa devemos ter o bom senso, e não apenas seguir falácias ditas por pessoas que muitas vezes nem dominam o assunto e falam sem pensar.

    “Tudo é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo é permitido”, mas nem tudo edifica. 1 Coríntios 10:23

    Antes que um irmão(ã) venha e diga olha lá eu sabia, nada me é proibido… Vamos analisar a passagem no temor do Senhor.

    “Tudo é permitido” 1° ponto – Pelo bom senso, tudo é permitido? por exemplo: matar é permitido? De acordo com a lei de Deus (é o 6° mandamento de Deus leia êxodo 20:13) não é permitido e de acordo com as leis dos homens dependendo das situação também é proibido. Agora porque essa passagem diz que “tudo é permitido”?

    Lembre-se Deus nos fez como seres pensantes, e não automáticos. Sendo assim Ele nos fez com a liberdade de escolha (o tão conhecido livre arbítrio) assim temos o poder de decisão de qual caminho trilhar. Entendem queridos (as) irmãos (ãs) ? “tudo é permitido” porque é escolha sua ou minha de qual caminho seguir, entretanto nosso Criador nos instruí inclusive na mesma passagem “mas nem tudo convém” e “nem tudo edifica” em outras palavras, seria como Nosso Salvador dizendo: “Filho (a), você pode escolher qualquer caminho que quiser, mas, Eu sei onde todos os caminhos levam e sei qual é o melhor caminho para você.”

    Queridos (as), não quero que tomem nenhuma decisão sem ter certeza, mas, eu convido a você que ainda tem dúvidas sobre esse ponto a pedir ajuda ao Senhor. Ore! abra seu coração a Ele! tenha certeza, Ele não é indiferente as suas dúvidas e angustias.

    Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Mateus 10:30

    Imagina, se Ele sabe quantos fios de cabelo tem na sua cabeça, será que existe algo complexo de mais em sua vida que Ele não possa te ajudar? Reflita nisso.

    Fiquem na paz do Senhor!

  3. Paulo disse:

    Isso é mentira, a igreja tem que ser JUSTA, Deus nunca proibiu a bebida alcoólica na biblia, apenas disse que as pessoas tinham que SER PONDERADAS AO BEBER VINHO E BEBIDA FORTE,Salomão nos provérbios disse ” Aquele que amar demais o vinho, nunca ficará rico “, outra passagem diz: o vinho faz bem ao coração e alegra a alma, e NÃO DIGAM QUE ERA SUCO DE UVA, se não seria dito SUCO de UVA e não Vinho.
    Então é isso SE A ADVENTISTA DISSER QUE SÓ ELA E VERDADEIRA, estará julgando as outras pessoas que pensam ao contrario, aí entra ” Não julgueis para não ser julgados “. Pensem e reflitam TUDO EM DEMASIADO SE TORNA PREJUDICIAL, TEMOS QUE TER EQUILÍBRIO em tudo.

    • Johann disse:

      Meu amigo, vá se orientar pois a palavra de Deus é coisa séria.

    • Elaine disse:

      Paulo, eu entendo sua revolta quanto o assunto. Mas é necessário que o senhor estude a bíblia por completo e não pegue passagens isoladas. Não sei se o senhor sabe, mas a bíblia que hoje temos o privilégio de estudar na verdade são traduções. Sendo assim traduções são feitas de acordo com com a cultura da época, conhecimento do tradutor… Em fim uma série de fatores, o fato é que a bíblia no original (a bíblia foi escrita em 3 línguas principais: Hebraico, Aramaico e Grego).

      “Os termos mais comuns para “vinho” no Antigo Testamento são, em hebraico, yayin e tirosh em aramaico. o termo yayin é “a palavra comum para vinho envelhecido e, portanto, intoxicante (Gn 14:18; Lv 10:9; 23:13, etc.), e tirosh é usado em várias passagens para designar o suco de uva fresco ou o vinho ainda não completamente envelhecido mas já intoxicante (Gn 27:37; Nm 18:12; Dt 12:17; Jz 9:13; Pv 3:10; Os 4:11, etc.).” Ambos os termos hebraicos são vertidos na Septuaginta (a clássica tradução do Antigo Testamento para a língua grega) pela palavra oînos. Já no Novo Testamento a palavra comum para “vinho” é o mesmo termo oînos, que pode designar tanto o suco de uva não fermentado (Jo 2:9, 10, etc.) como o vinho fermentado (Ap 14:8, etc.). Por sua ambigüidade, o termo deve ser interpretado à luz do contexto em que aparece inserido e do seu significado teológico mais amplo” .

      Senhor Paulo, se quiser leia esse trecho acima, leia as passagens também. Mas, antes de tudo peça orientação a Deus para que Ele te ajude a compreender os textos. Qualquer dúvida pode me procurar.

      Fique com Deus!

  4. Tessy disse:

    Olá querida,

    Eu gostaria de ser seu amigo, meu nome é Miss Tessy Annan vi seu perfil e tornou-se o interesse de ter uma conversa privada com você.Então vou gostar de você me escrever de volta através do meu e-mail…(tessyannan1989@hotmail.com) para que eu lhe dirá mais sobre mim e mais das minhas fotos para você saber quem eu sou. Não estou sempre on-line devido a algumas razões pessoais, tenho algo muito importante para discutir com você é muito importante, por favor contacte-me directamente para o meu endereço de e-mail.(tessyannan1989@hotmail.com) para mais detalhes sobre mim. Espero ver a sua resposta em breve,
    Atenciosamente.

    Seu novo amigo,

    Tessy.

  5. Paulo Coelho Jr/ disse:

    gostei do artigo . Me ajudou . Obrigado

Deixe Seu Comentário

Digite o código acima*


HOME | QUEM SOMOS | CONTATO



parceiroIASDO Portal Natural é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia
Parceria:


Copyright © 2002-2015 PortalNatural. Todos os direitos reservados.

Importante: As informações contidas neste site são destinadas unicamente para fins de informações e conhecimento geral, não devendo, em hipótese alguma, ser utilizadas como diagnóstico médico ou adoção de medicamentos. Qualquer dúvida, sintoma ou preocupação quanto à sua saúde, procure orientação médica ou profissional em sua respectiva área. | Os comentários postados nos artigos não constituem necessariamente a opinião dos criadores deste site, mas sim da própria pessoa que o postou. Não são permitidos comentários com citações de nomes, telefones, emails, sites, ou qualquer outro conteúdo que venha a expor ou difamar a imagem ou o sigilo de uma outra pessoa.