17

É O Álcool Uma Droga Perigosa?

Pesquisadores no Kaiser Permanente em Oakland, Califórnia, estudaram os hábitos de beber de 70 mil mulheres de raças diferentes entre 1978 e 1985, e descobriram que pelo ano 2004 cerca de 3 mil delas haviam contraído câncer de mama. Quando compararam o papel do total de álcool ingerido entre as mulheres que tiveram câncer, encontraram que havia uma conexão entre o beber e este tipo de câncer independentemente se elas beberam cerveja, destilados ou vinho. Mesmo  quando o vinho era tinto ou branco, não houve diferença. Uma em cada oito mulheres norte-americanas adquirem câncer de mama. Sabe-se que uma dieta fraca em frutas e vegetais tem sido associada com o câncer do seio. E mulheres que consomem grandes quantidades de álcool comem menores quantidades destes vegetais.

Pesquisadores agruparam bebedores em três categorias: bebedores leves (menos do que um drink por dia), bebedores moderados (um ou dois drinks por dia) e bebedores pesados (três ou mais drinks por dia). Comparados com os bebedores leves, a incidência de câncer da mama pulou para 10% para os bebedores moderados e para 30% para os bebedores pesados.

Muitos bebedores possuem má compreenssão quando o assunto é beber (especialmente vinho tinto) pensando ser bom para sua saúde. Pensam que cerveja não é tão má como os destilados e que cerveja light nem se enquadra como bebida alcoólica. Algumas destas confusões originam-se de estudos que concluem que o beber leve ou moderado pode proteger a pessoa contra doença cardíaca. Já se sabe que os bons efeitos do vinho para o coração tem que ver com o resveratrol (um polifenol) que é encontrado na semente e casca de uvas e diminiu o LDL ( “mau” colesterol) e aumenta o “bom”, chamado HDL.

Vinho, cerveja e destilados todos contêm álcool etílico e a quantidade de álcool em uma dose padrão de vinho com 150ml, de cerveja ou bebidas “coolers” com 360ml, e 45ml de 80 bebidas destiladas testadas, é a mesma, se a pessoa bebe ela pura ou misturada. O álcool etílico que é a substância tóxica, aumenta o risco de câncer de mama em bebedores moderados e pesados.

Uma vez que o álcool é consumido ele é absorvido na corrente sanguínea e pode ser medido como a BAC – (Blood Alcohol Concentration) Concentração Sanguínea de Álcool. A taxa de absorção varia de acordo com a altura e peso da pessoa e a alimentação ingerida antes de beber. Quanto mais rápido se bebe, mais intoxicado se fica, não importando o tipo de bebida que foi consumido.

Os supostos benefícios do consumo de álcool em reduzir doença cardíaca não são bons o suficiente para pessoas com alcoolismo, ou para pessoas com risco aumentado para o alcoolismo, mesmo que seja para beber qualquer quantidade de álcool. Qualquer tipo e quantidade de álcool produzirá recaída para o alcoólico (ou alcoólatra). Em média, de cada 100 pessoas que bebem bebidas alcoólicas, 14 têm a doença do alcoolismo e para estas a solução é zero álcool.

Qualquer quantidade de álcool que entra em nosso organismo é tóxico para ele e o fígado logo começa a produzir enzimas para metabolizá-lo (desdobrá-lo e eliminá-lo), como a enzima chamada “desidrogenase alcoólica”. Cada unidade de álcool (10 a 12 g de álcool puro) requer uma hora para ser metabolizada. É uma maldade o que fazem as indústrias que produzem bebidas com baixo teor alcoólico como os “coolers”, pois se a pessoa (geralmente jovens as usam) tem tendência ao alcoolismo, ela poderá desenvolver esta doença grave começando com tais bebidas “inocentes”. Cuidado: há álcool etílico em receitas de certos biscoitos, pães, massas vendidos no comércio. Veja o rótulo.

Beber vinho ao invés de cerveja ou destilados não reduz os riscos de intoxicação ou dos muitos problemas de saúde associados ao beber. Pesquisadores indicam que o uso de álcool pode contribuir para o surgimento de vários tipos de cânceres, incluindo os do aparelho respiratório, parte alta do sistema digestório, fígado, cólon e reto. E como no caso do câncer de mama, a relação álcool-câncer é dose dependente, ou seja, os bebedores pesados têm maiores riscos de câncer.

Há um perigo grande se a pessoa mistura bebidas alcoólicas com as bebidas energéticas tipo Redbull porque a estimulação feita pela alta dose de cafeína nestes energéticos fazem a pessoa se sentir menos intoxicada pelo álcool do que ela realmente está. Daí ela tende a seguir bebendo e corre o risco de dirigir intoxicada sem perceber o perigo, além de ter piores efeitos sobre o corpo porque a cafeína desidrata o corpo e assim o álcool fica com mais dificuldade de ser absorvido, quando os efeitos tóxicos do álcool se tornam mais lesivos para o organismo. Não beba e viva melhor.

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Autor: Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza, médico psiquiatra e psicoterapeuta, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, membro da American Psychosomatic Society, consultor psiquiatra da revista Vida & Saúde onde mantém coluna mensal, professor de Saúde Mental, visitante, do College of Health Evangelism e "Institute of Medical Ministry" do Wildwood Lifestyle Center and Hospital, Estados Unidos, Diretor Médico do Portal Natural, autor dos livros "Casamento: o que é isso?" e "Consultório Psicológico".

Artigos Relacionados:

Receba grátis nossas novidades!

Compartilhe este artigo!

17 Comentários. Participe você também!

  1. Roger disse:

    Segundo o dicionário:

    glutão
    (latim glutto, -onis)
    adj. s. m.
    1. Que ou aquele que come com avidez e em excesso. = COMILÃO, GULOSO

    Similarmente a palavra glutão, a bíblia fala que os “beberões” não herdarão o reino dos ceus. Isso significa – Aquele que bebe com avidez e em excesso. Isso que é condenável por Deus.

    Quando Jesus transformou agua em vinho, o diretor da festa tomou e, sem saber que foi o vinho que Jesus havia transformado, não sentiu diferença entre aquele vinho excelente que estava sendo servido e inebriava os convidados. (Joao 2: 9-10)

    Por outro lado, o excesso no comer e no beber causa problemas para a saúde e é uma titude condenável por Deus.

    Só quero esclarecer algo: Eu acho que a pessoa que tem uma certa tendência ao alcolismo ou aqueles que ja sao alcoolatras, não devem beber em nenhuma hipótese. Sou contra também jovens que bebem e com certeza se beber não dirija.

  2. Netto disse:

    Sou cristão e tomo vinho, não acho errado e ontem eu tava pensando sobre o vinho e hj lendo a biblia vi o versiculo de 1Tm. 5:23 se não me engano. O problema do vinho para o cristão no Brasil se chama cultura, o Brasil não tem cultura de tomar vinho, vai na Italia, vocês acham que porque eles tem mais espectativa de vida? Vinho e azeite. Agora meu caro(a) se você tem problemas com alcoolismo, certamente recomendo a não beber mesmo. Fico dias sem tomar, não me faz falta, tomo quando tenho, e em casa de preferência. E mais se um cristão tomar vinho e dirgir ele já está pecando, pois é lei não dirigir sobre efeito do alcool. O vinho tira as gorduras do corpo e limpa as veias, vinho faz bem ao coraçao e aumenta a longevidade.
    Caso descordem ou concordem e querem ter uma conversa saldável comigo pode me add no msn m_a_r_netto@hotmail.com.

  3. Ebert disse:

    sou doente alcolatra, descobri esta doença a 05 anos mas so vim a tratar a 11 meses, depois de quase morrer em decorrencia do alcool, quero deixar uma mensagen de fé e esperança, pois nao quero que ninguem passe pelo que passei. minha doença é incuravel,crônica e fatal.pensem bem nisso e façam uma pesquisa da vida de um alcolatra.

  4. Everton disse:

    É interessante como existem pessoas que tentam de tudo para justificar um mau hábito. As pessoas que ingerem drogas como o álcool não admitem terem problemas com ele, e tentam distorcer ou simplesmente explicar que não há nada demais em seu consumo mesmo que “moderado”. Geralmente usam contra-argumentos sem fundamentação, mesmo sabendo que a ciência de nenhuma forma admite que o álcool seja benéfico em sua plenitude. “PODE FAZER BEM AO CORAÇÃO”, eles dizem; mas em compensação não lembram que “ELE DESTRÓI TODO O RESTO”.
    Ainda usam o argumento religioso de que Jesus tomou vinho. Sabemos o hebraico usa a mesma palavra vinho para designar o suco de uva não alcoólico (yayin); mas se a bíblia que a palavra de Deus condena a bebida forte, e se Jesus é Deus, como ele pode se contradizer, vocês não acham? Como Ele pode dizer que devemos amar e respeitar nosso próximo se Ele dava exemplo usando álcool do vinho e sendo este o grande causador de mortes através da violência causada por brigas ou direção irresponsável no trânsito?
    Devemos respeitar a todos pelas suas escolhas, mas cada uma delas tomadas tem sua consequência. Lembremos sempre disso.

  5. iris disse:

    Quanta ignorancia a pessoa dizer que Cristo bebia vinho,se na Biblia diz que os beberroes nao entraram no reino do ceu ,é evidente q Jesus nao bebia vinho com alcool,seria o vinho puro extraido da uva.Sei que amei esses comentarios,voces podem ver diariamente nos noticiarios,acidentes,brigas no lar e ate morte,separaçoes,doenças epaticas,e muitas outras,como foi falada no texto,entao bebida alcoolica nao trz beneficio pra ninguem,voce começa com uma pequena qtd,aparentemente nao vai fazer mal algum,mais infelizmente a tendencia é aumentar,e depois pra voce sair dela é osso:sad:.

  6. Carlos Antonio disse:

    As bebidas alcóolicas assim bem como as drogas são inimigas da raça humana e elemento desnecessário a nossa civilização.

  7. Carlos Antonio disse:

    As bebidas alcóolicas assim bem como as drogas são inimigas da raça humana e elemento desnecessário a nossa civilização.

  8. Bianka disse:

    Texto puramente preconceituoso e sem fundamento.
    Câncer de mama ou qualquer outro, além de hereditário é causado também por outros problemas, alimentação inadequada, fumo e alcool em excesso, sedentarismo e claro, mente sadia é corpo sadio, estar de bem com a vida e com a mente, de coração aberto só faz bem à saúde e pode curar enfermidades.

  9. djossefa disse:

    O álcool é escarnecedor assim o diz a Bíblia e não eu. É doce no princípio mas o fim é trágico. É uma pena que o mundo não se tenha ainda dado conta disso! Deus vos abençoe e continue vos inspirando a produzir artigos que promovam a saúde!

  10. José Ávila Pimentel Filho disse:

    A princípio o texto aquí, parece tendencioso pois apresenta os vários malefícios que o ácool causa ao ser humano e deixa, por exemplo, de citar o texto bíblico em que o apóstolo Paulo recomenda a Timóteo beber um pouco de vinho para melhorar de uma possível enfermedade estomacal (1 Timóteo 5.23″ Não continues a beber somente água; usa um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas frequentes enfermidades” “.
    Penso que o problema não esta no álcool e se no autocrole dos que bebem, assim como os o beberrões, os glutões não herdaram o reino dos ceus, ou seja, comer demais também é pecado.

  11. Goreti disse:

    Tudo em excesso faz mal.Alcool inclusive.
    De grao em grao a galinha enche o papo.
    De Gole em Gole desenvolvi alcolismo.. hoje estou em tratamento e me sinto bem melhor.

  12. antartica disse:

    acredito que tomar cerveja de vez em quando não tem problema, como em finais de semana…

    o que é condenável é a embriagues e não a cerveja…

    jesus tomava vinho, está escrito na bíblia…

    a cerveja apreciada moderadamente…uma ou duas cervejas antes do almoço de um domingo, com familiares e amigos…nada a ver…

  13. onardo de Oliveira disse:

    É o alcool prejudica a saúde e destroi lares o alcolismo não é aprovado por DEUS

  14. DENISE disse:

    Há ainda os do grupo que bebem esporádicamente, porém quando bebem, bebem muito. Gostaria de saber qual o nível de malefício ao orgnismo essa pratica tras.

  15. Otávio disse:

    Achei que a matéria poderia ser bem melhor se não fosse o comportamento xiita em afirmar “Não beba e viva melhor”. Passa dos limites do bom senso em colocar o consumo excessivo equiparado com o consumo equilibrado. Um dos grandes prazeres da vida deveria ser melhor entendido e não negado.

  16. luiz soares disse:

    No artigo está escrito, “Pesquisadores agruparam bebedores em três categorias: bebedores leves (menos do que um drink por dia)”……….. Pergunto. Como seria isso, 1/2 drink? 1/4 de drink? Creio q ocorreu um equivoco na clareza do texto. Peço q esclareçam melhor o q são “bebedores leves”!
    Grato,

Deixe Seu Comentário

Digite o código acima*


HOME | QUEM SOMOS | CONTATO



parceiroIASDO Portal Natural é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia
Parceria:


Copyright © 2002-2015 PortalNatural. Todos os direitos reservados.

Importante: As informações contidas neste site são destinadas unicamente para fins de informações e conhecimento geral, não devendo, em hipótese alguma, ser utilizadas como diagnóstico médico ou adoção de medicamentos. Qualquer dúvida, sintoma ou preocupação quanto à sua saúde, procure orientação médica ou profissional em sua respectiva área. | Os comentários postados nos artigos não constituem necessariamente a opinião dos criadores deste site, mas sim da própria pessoa que o postou. Não são permitidos comentários com citações de nomes, telefones, emails, sites, ou qualquer outro conteúdo que venha a expor ou difamar a imagem ou o sigilo de uma outra pessoa.