4

Anvisa proíbe câmaras de bronzeamento artificial no país

anvisaproibecamarasdebronzeamento

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu no Brasil o uso de equipamentos para bronzeamento artificial de finalidade estética que utilizam tecnologia de emissão de radiação ultravioleta (http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/NOTICIAS/2009/111109.htm). A decisão se baseou em dados colhidos na audiência pública aberta pela agência semanas depois da divulgação de um estudo pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Em julho/2009, a Iarc (Agência Internacional para Pesquisa do Câncer), vinculada à OMS, alertou para o aumento do risco de câncer devido à utilização do equipamento, que passou de “causa provável” para “causa concreta” de tumores de pele.

Ficam de fora da proibição equipamentos com emissão de radiação ultravioleta destinados a tratamento médico (para psoríase, por exemplo) ou odontológico, desde que registrados na Anvisa.

Há tempos se suspeitava que a radiação ultravioleta emitida por esses equipamentos tinha potencial cancerígeno. Pesquisadores de nove países reavaliaram os riscos dos raios solares UVA, UVB e UVC. Sabe-se que não é bom abusar do sol na praia nem na piscina porque os dois últimos estão relacionados a vários tipos de câncer de pele. Os pesquisadores concluíram que os raios UVA, justamente aqueles produzidos pelas lâmpadas bronzeadoras, são tão cancerígenos quanto os outros dois. Os raios UVA eram considerados menos nocivos – estavam relacionados apenas ao envelhecimento precoce e ao surgimento de catarata.

O estudo adverte que, em pessoas com menos de 30 anos, o bronzeamento artificial aumenta em até 75% o risco de incidência de melanoma. “Os raios UVA penetram mais fundo na pele do que o UVB e o UVC e alteram as fibras de sustentação da pele” afirmam os dermatologistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Por: Fabíola Menna Barreto
Dermaticista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná

PortalNatural.com.br

Autor: PortalNatural.com.br

Portal de saúde e bem-estar com artigos, videos, receitas, nutrição, saúde mental, etc, para sua vida ser mais saudável, simples e feliz.

Artigos Relacionados:

Receba grátis nossas novidades!

Compartilhe este artigo!

4 Comentários. Participe você também!

  1. elza disse:

    olá gostaria de kuando libera a cama de bronzeamento pois estou pagando meu financiamento da cama quem vai me ressarcir o meu prujuizo e no sou só eu que estou asim todos que trb e paga imposto , aqui no brasi falta pessoas mais preparada p/ trb com a cama mais fiscalização ai só trb certinho no brasil fata isso e gostaria de um resposta eficaz…
    :lol: :lol: :lol: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek:

    • leandro sato disse:

      Olá Elza, vc ainda tem sua cama de bronze?
      Se interessar vender la, quero analizar a compra, saber a marca, quanto tempo de uso?
      11-953872703.
      Obrigado.

  2. Aline disse:

    A Anvisa quer proibir tudo!!! Nós temos o direito de escolher sobre tudo que queremos para nossa vida..
    Escolhemos o presidente, a escola de nossos filhos, cigarro, remedios, tudo está ligado á vida propria temos o direito de escolher.. Na minha opinião é ridiculo tantas proibições…quanto mais proibido mais as pessoas procuram pelo produto.. A anvisa simplismentes tinha que colocar a par´´ os riscos a saude, e cada estabelecimento fará com que o cliente assine um contrato e reconheça firma de todos os riscos que estão correndo usando esse produto… Cada um cuida da sua vida como achar que deve, sem que a anvisa se meta com isso!!!! 8) 8)

  3. Karina marques disse:

    Para mim a cama de bronzear so me fez bem ,1 a minha pele ficou uniforme ,com uma cor maravilhosa que nem se eu ficasse esposta ao sol ficaria com essa cor ,o sol me deixa ,alias acho q todo mundo vermelha ,depois fico com uma cor ,e por fim descasco…….na cama de bronzear nao .eu adoro.

Deixe Seu Comentário

Digite o código acima*


HOME | QUEM SOMOS | CONTATO



parceiroIASDO Portal Natural é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia
Parceria:


Copyright © 2002-2015 PortalNatural. Todos os direitos reservados.

Importante: As informações contidas neste site são destinadas unicamente para fins de informações e conhecimento geral, não devendo, em hipótese alguma, ser utilizadas como diagnóstico médico ou adoção de medicamentos. Qualquer dúvida, sintoma ou preocupação quanto à sua saúde, procure orientação médica ou profissional em sua respectiva área. | Os comentários postados nos artigos não constituem necessariamente a opinião dos criadores deste site, mas sim da própria pessoa que o postou. Não são permitidos comentários com citações de nomes, telefones, emails, sites, ou qualquer outro conteúdo que venha a expor ou difamar a imagem ou o sigilo de uma outra pessoa.