3

Educação Social e Noticiários da TV

EducacaoSocialENoticiariosNaTv_thumb

A mídia (rádio, TV, jornais, revistas, etc.) exercem um poder de influência social muito grande, para o bem ou para o mal, positiva ou negativamente. Em 18 de setembro de 1950 foi levado ao ar o primeiro programa de TV no Brasil e a audiência era muito seleta. Havia apenas 200 aparelhos no país, todos importados pelo empresário Assis Chateaubriand, dono da TV Tupi. Tida como luxo nos anos 50 e 60, a televisão se popularizaria nas décadas seguintes. Em 2002 o IBGE levantou que em torno de 43 milhões de lares no Brasil possuíam pelo menos um aparelho de TV (cerca de 40 milhões e 500 mil à cores e 4 milhões e 800 mil preto e branco).
http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/televisao/tvemnumeros.html Em 2007 encontrou-se que no Brasil na área urbana 96,3% dos domicílios e 77,8% na zona rural possuíam TV à cores.http://www.teleco.com.br/nrtv.asp

Um dos programas de TV mais assistidos no país é o noticiário. Milhões de brasileiros assistem diariamente as notícias do país e do mundo nos telejornais. Fiz uma pesquisa assistindo os telejornais da Rede TV, Record, Bandeirantes, Globo, SBT. Assisti o Rede TV News em 23 e 24 Set. O Jornal da Record em 28 e 29 Set. O Jornal da Band em 17 e 21 Set. O Jornal Nacional em 16 e 22 Set. E o SBT Brasil em 23 e 24 Set, todos em 2009. Alguns deles pude assistir no mesmo dia devido ao horário diferente em que são apresentados.

Fiz uma lista te temas das notícias, classificando-as como positivas, negativas e neutras e com os temas: Economia, Política, Religião, Metereologia, Esportes, Saúde, Acidentes, Violência, Turismo, Vida Social, Indústria, Comércio, Educação. Economia envolvia queda ou aumento de preços, inflação, impostos, empregos, bolsa de valores, taxas de câmbio, etc.). Politica envolvia obras públicas, decisões boas ou ruins para o povo, corrupção, fraudes, etc.). Notícias sobre religião podiam ser milagres, fanatismos, exploração da fé dos outros, etc.). Metereologia anunciando o clima, previsão do tempo. Esportes mostrando resultados de competições, fraudes em clubes, etc. Saúde com informações de novos avanços na ciência médica, epidemias, medicamentos novos, erros médicos, inaugurações de serviços de saúde públicos, etc. Acidentes envolviam notícias sobre enchentes, terremotos, tornados, catástrofes em geral. Violência incluía roubos, furtos, mortes, abusos variados, guerras, greves com violência, etc. Turismo incluía roteiros de viagem, etc. Vida Social falava de moradias, condomínios, coleta de lixo, etc. Indústria relatava novos produtos, nova fábricas, produtos falsos, etc. Comércio indicava descontos, fraudes, contrabando, lojas, etc. Educação incluía notícias sobre novas escolas e cursos, vestibulares, Enem, fechamento de escolas, falta de professores, etc.

Abaixo veja a estatística onde está listado o número total de notícias dos 2 dias do telejornal de cada rede de tv e especificado em porcentagem somente as categorias sobre violência junto com acidentes (só notícias negativas) e saúde junto com educação (só notícias positivas), nas datas acima referidas:

  • Bandeirantes – 62 notícias gerais. Violência e acidentes 33,87%, saúde e educação 6,45% das notícias.
  • Globo – 40 notícias gerais. Violência e acidentes 37,5%, saúde e educação 2,5% das notícias.
  • SBT – 33 notícias gerais. Violência e acidentes 27,27%, saúde e educação 6,06% das notícias.
  • Record – 57 notícias gerais. Violência e acidentes 49,12%, saúde e educação 5,26% das notícias.
  • Rede TV – 105 notícias gerais (várias foram muito rápidas). Violência e acidentes 52,38%, saúde e educação 2,85% das notícias.

Se juntarmos todos estes telejornais destas 5 redes de TV naquelas datas (total de 10 telejornais) e compararmos as notícias negativas sobre violência e acidentes (positivas poderiam ser resgates de pessoas perdidas numa floresta, sobrevivência de alguém num acidente de carro, prisão de bandidos, etc.), as positivas sobre educação e saúde, e o total geral de todos os temas das notícias positivas e negativas, o resultado é:

  • Notícias negativas sobre violência e acidentes: 43,09%
  • Notícias positivas sobre saúde e educação: 4,37%
  • Notícias positivas sobre todos os temas: 19,19%
  • Notícias negativas sobre todos os temas: 61,27%
  • Não foram computadas as notícias neutras.

A Associação Mundial de Psiquiatria prevê que em 2020 a depressão será a segunda doença no planeta. Segundo a Associação Mundial da Saúde, cerca de 121 milhões de pessoas sofrem de depressão hoje no mundo. O que a mídia pode contribuir para ajudar a população quanto à saúde, educação e diminuição da violência e acidentes? Oferecendo programas de prevenção em saúde e educação com base em fontes científicas confiáveis e sem conflitos de interesses. A sociedade está não só assustada, mas perdendo gravemente a esperança. Perda de esperança tem que ver com depressão, violência, deseducação, acidentes. Quem se interessa em anunciar notícias que ajudem a população a ter esperança?
http://www.who.int/mental_health/management/depression/definition/en/



Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Autor: Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza, médico psiquiatra e psicoterapeuta, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, membro da American Psychosomatic Society, consultor psiquiatra da revista Vida & Saúde onde mantém coluna mensal, professor de Saúde Mental, visitante, do College of Health Evangelism e "Institute of Medical Ministry" do Wildwood Lifestyle Center and Hospital, Estados Unidos, Diretor Médico do Portal Natural, autor dos livros "Casamento: o que é isso?" e "Consultório Psicológico".

Artigos Relacionados:

Receba grátis nossas novidades!

Compartilhe este artigo!

3 Comentários. Participe você também!

  1. Diogo Silva disse:

    Meu comentario versa na questão pertinente a SENSAÇÃO que sentimos após um telejornal, naturalmente deveriamos nos sentir ruins, pasmados e chocados nao é? mas pq geralmente isso nao acontece? simples, há uma manipulação de informaçoes de modo que as noticias de futebol, por exemplo, sejam exibidas ao final assim nos dá a sensação de tranquilidade e alienação.
    Pense nisto.

  2. Noemário Araújo Maciel disse:

    Também parabenizo pela excelente matéria.Já de há muito tempo, apesar de não fazer uma pesquisa,tenho notado que a ênfase dos telejornais estão nas notícias de aspectos negativos. Alguns jornais chegam a abusar das cenas de violência para conseguir a tão sonhada audiência. Com o pretexto de informar tudo para todos, na verdade eles tem semeado a própria violência!Hoje já não assisto muito a esses programas, apesar de não ficar de fora do que está acontecendo no mundo.

  3. livia disse:

    Quero parabenizar o site pela excelente matéria de cunho tão importante!! No que contemplamos é no que transformaremos…

Deixe Seu Comentário

Digite o código acima*


HOME | QUEM SOMOS | CONTATO



parceiroIASDO Portal Natural é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia
Parceria:


Copyright © 2002-2015 PortalNatural. Todos os direitos reservados.

Importante: As informações contidas neste site são destinadas unicamente para fins de informações e conhecimento geral, não devendo, em hipótese alguma, ser utilizadas como diagnóstico médico ou adoção de medicamentos. Qualquer dúvida, sintoma ou preocupação quanto à sua saúde, procure orientação médica ou profissional em sua respectiva área. | Os comentários postados nos artigos não constituem necessariamente a opinião dos criadores deste site, mas sim da própria pessoa que o postou. Não são permitidos comentários com citações de nomes, telefones, emails, sites, ou qualquer outro conteúdo que venha a expor ou difamar a imagem ou o sigilo de uma outra pessoa.