8

Apendicite Aguda

apendicite

SINTOMAS

Dor e sensibilidade na área inferior direita do abdome, vômitos e febre baixa. Em crianças, a febre pode ser bastante elevada.

O primeiro sintoma geralmente é a dor. Rapidamente a dor torna-se severa. Mas, às vezes, a dor é primeiramente sentida abdômen e pode ser particularmente forte.

Mas só a dor não é um sintoma suficiente para determinar um sintoma de apendicite. Haverá também ternura e rigidez dos músculos da parede abdominal, principalmente do lado direito. Tossir e respirar profundamente piora a dor.

Os ataques podem ou não começar com um resfriado mas, geralmente, alguma ou muita febre está presente desde o início, juntamente com constipação, vômitos, perda de apetite e náuseas.

CAUSAS

O apêndice está localizado no lado direito do abdome.

Causas da apendicite incluem prisão de ventre, excesso de comida, má dieta e alimentos com baixo teor em fibra. A constante fermentação e digestão destes alimentos pode resultar em apendicite.

Se o apêndice se rompe, a infecção se derrama na cavidade abdominal, causando peritonite. Levem-no para um hospital imediatamente, pois corre risco de vida!

TRATAMENTOS NATURAIS

• Não espere. Chame um médico.

• A inflamação pode diminuir se a pessoa é colocada na cama e os tecidos infectados forem mantidos sossegados e não irritados.

• Não engula laxantes ou ervas laxativas para lavar o tracto gastro-intestinal, pois podem causar a ruptura do apêndice.

• Realize um jejum da água imediatamente. Beba pequenas quantidades freqüentemente. Tome 2 cápsulas de mirra/goldenseal a cada 2 horas. Tome equinácea 4 vezes por dia.

• Verifique constantemente se existem indícios de que o apêndice possa ter estourado. Se existe dor, apresse a pessoa para o hospital.

• Quando a fase do ataque de apendicite passar e a pessoa estiver se sentindo melhor, pare com o jejum de água e faça uma dieta de frutas por 2 dias.

• Em seguida, inicie uma dieta com alimentos nutritivos. Não coma muito de uma só vez. Inclua 1 colher de mesa de psillium com suco de frutas ou água, 3 vezes ao dia, durante 2 semanas após ter deixado a apendicite.

Muitos casos de apendicite podem ser curados sem necessidade de uma operação para remover o apêndice. Mas você deve ter muito cuidado.

Uma das teorias falsas foi a idéia de que muitos órgãos no corpo humano seriam inúteis. Mas, nas últimas décadas, todos esses “inúteis” órgãos (incluindo a tiróide), foram reconhecidos como tendo funções importantes.

INCENTIVO

Deus criou o seu corpo, e Ele conhece tudo. Ele pode te ajudar! Ore ao Deus Criador e confie de que Ele te ajudará no que você mais precisa!

PortalNatural.com.br

Autor: PortalNatural.com.br

Portal de saúde e bem-estar com artigos, videos, receitas, nutrição, saúde mental, etc, para sua vida ser mais saudável, simples e feliz.

Artigos Relacionados:

Receba grátis nossas novidades!

Compartilhe este artigo!

8 Comentários. Participe você também!

  1. susu disse:

    oi.. eu perdi o meu apendice quando tinha apenas 6 anos..

  2. Beth disse:

    :roll: Acho que tenho isso!!

  3. Elaine Rosa Marques disse:

    :-?

  4. michelle s. marinho disse:

    eu operei uma apendicite com peritonite dia: 05 de agosto de 2009(tem 1ano e 8 meses), mas tenho medo pois de vez enquando sinto dores no pé da barriga e minha perna esquerda fica dormente por consequencia da dor, o que é isso?

  5. alcebiades disse:

    gostei, mas queria saber da dieta após a cirurgia.

  6. Tarsila disse:

    Olá, gostaria de saber como deve ser a alimentação depois da retirada do apêndice. Obrigada.

  7. gleyson marcelino de freitas disse:

    queria sabe m+ sobrea recuparação depois da cirigia

  8. gleyson marcelino de freitas disse:

    vlw pela o doncumenterio

Deixe Seu Comentário

Digite o código acima*


HOME | QUEM SOMOS | CONTATO



parceiroIASDO Portal Natural é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia
Parceria:


Copyright © 2002-2015 PortalNatural. Todos os direitos reservados.

Importante: As informações contidas neste site são destinadas unicamente para fins de informações e conhecimento geral, não devendo, em hipótese alguma, ser utilizadas como diagnóstico médico ou adoção de medicamentos. Qualquer dúvida, sintoma ou preocupação quanto à sua saúde, procure orientação médica ou profissional em sua respectiva área. | Os comentários postados nos artigos não constituem necessariamente a opinião dos criadores deste site, mas sim da própria pessoa que o postou. Não são permitidos comentários com citações de nomes, telefones, emails, sites, ou qualquer outro conteúdo que venha a expor ou difamar a imagem ou o sigilo de uma outra pessoa.